Notícias e Pesquisas

28 Out 2020

PORTO VELHO: candidato à reeleição, Hildon Chaves, se consolida na liderança da disputa pela prefeitura

Nova pesquisa de intenção de voto realizada pelo IBOPE Inteligência em parceria com a Rede Amazônica mostra que o atual prefeito Hildon Chaves (PSDB) se mantém na primeira posição da disputa pela Prefeitura de Porto Velho, com 30% das menções (tinha 23% anteriormente). Em outro patamar estão Vinicius Miguel (CIDADANIA) que vai de 12% para 16% e Cristiane Lopes (PP) que oscila positivamente 1 ponto percentual (p.p.), chegando a 10%. Ambos estão tecnicamente empatados no segundo lugar, considerando a margem de erro da pesquisa de 4 p.p.. Dr. Breno Mendes (AVANTE) varia de 7% para 6%; Lindomar Garçon (REPUBLICANOS) permanece com 6%; Pimentel (MDB) aparece com 6% das intenções de voto (tinha 4%), enquanto Coronel Ronaldo Flores (SOLIDARIEDADE) segue com 5%. Os demais candidatos atingem até 2% de respostas, cada um. Na primeira pesquisa Ted Wilson era o representante do PRTB no pleito, porém, a partir do dia 21 de outubro, Pastor Leonardo Luz passou a ser o candidato pelo partido. Como a renúncia à candidatura por Ted Wilson foi protocolada no TSE após o registro dessa pesquisa, seu nome ainda constava no disco apresentado aos entrevistados, porém, não foi citado por nenhum deles. Aqueles que declaram intenção de votar em branco ou anular somam 10% (eram 16%) e os que não sabem ou preferem não responder são 6% do eleitorado (eram 10%). A pesquisa foi realizada entre os dias 26 e 28 de outubro.

- As intenções de voto em Hildon Chaves crescem, principalmente, entre eleitores na faixa de 45 a 54 anos (indo de 22% para 37%), entre os evangélicos (vai de 21% para 33%), entre aqueles que têm de 35 a 44 anos (avançam de 22% para 33%), entre aqueles com renda familiar de mais de 2 a 5 salários mínimos (varia de 24% para 34%) e entre aqueles que consideram positiva sua gestão administrativa (aumentam de 54% para 66%). O peessedebista é mais citado pelos homens do que pelas mulheres (obtém 34% entre eles, ante 26% entre elas). Ademais, as menções ao atual prefeito recuam de 35% para 25% entre os eleitores com 55 anos ou mais, segmento em que obtinha destaque na rodada anterior da pesquisa.

- Vinícius Miguel se sobressai com 24% das menções entre: eleitores com ensino Superior (tinha 26%), aqueles que avaliam a gestão atual de forma negativa (tinha 20% na rodada passada) e os mais jovens (tinha 17%). Neste último estrato, inclusive, sua intenção de voto praticamente se iguala a de Hildon Chaves (ele tem 25%). Além disso, as menções ao candidato crescem além da margem de erro entre eleitores com ensino médio (vai de 9% para 18%), entre os que têm renda familiar mensal superior a 5 salários mínimos (variando de 14% para 23%) e entre os que consideram regular a administração atual (vai de 9% para 21%).

- Cristiane Lopes segue sendo mais citada entre eleitores de 45 a 54 anos, mantendo seus 20%.  

- Lindomar Garçon deixa de se destacar entre eleitores que cursaram até o ensino Fundamental, uma vez que varia de 16% para 9% e recua de 12% para 2% entre quem avalia como ótima ou boa a administração de Hildon.

- Pimentel, por sua vez, cresce 11 p.p. entre eleitores com mais de 55 anos, chegando a 16% neste segmento.

- As intenções de voto dos demais candidatos se distribuem homogeneamente entre os segmentos analisados.


Nota: A pesquisa foi realizada por entrevistadores por meio de abordagem telefônica e os resultados devem ser interpretados com alguma cautela, uma vez que uma pequena parcela do eleitorado não está acessível por telefone. Segundo a PNADC 2018, apenas 4% dos domicílios de Porto Velho não têm telefone fixo e nenhum dos seus moradores possui telefone celular. As pesquisas telefônicas são válidas e seguem critérios amostrais, tal qual a pesquisa face a face, incluindo tanto o controle de variáveis de perfil do eleitor (sexo, faixas de idade e de escolaridade), como a dispersão geográfica no município. Seguindo as boas práticas de divulgação de pesquisa e para dar transparência ao processo, cabe-nos informar a ressalva técnica.

* O objetivo de uma pesquisa eleitoral não é antecipar os resultados da eleição, mas sim o de mostrar o cenário no momento em que foi realizada. A pesquisa é uma fotografia do momento e não tem o poder e nem a intenção de prever o resultado de uma eleição. Por isso, seus resultados não podem ser usados para prever o resultado das urnas.

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

Pesquisa de intenção de voto em Porto Velho

Margem de erro

4 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral.

Tema

Administração pública

Eleições

Opinião pública

Contratante

pesquisa contratada por RADIO TV DO AMAZONAS LTDA / REDE AMAZONICA RADIO E TELEVISAO.

Período

26/10/2020 a 28/10/2020

Local

Brasil - Porto Velho - RO

Amostra

foram entrevistados 504 votantes.

Registro TRE/TSE

registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia sob o protocolo Nº RO 04876/2020.

ARQUIVO(S) PARA DOWNLOAD
Pesquisa completa