Notícias e Pesquisas

02 Out 2020

Pesquisa aponta Celso Russomanno numericamente à frente, mas tecnicamente empatado com Bruno Covas na disputa pela prefeitura de São Paulo

Entre os dias 30 de setembro e 01 de outubro, o IBOPE Inteligência realizou pesquisa de intenção de voto para a Prefeitura de São Paulo, a pedido da TV Globo e Estadão.

Celso Russomanno (Republicanos) aparece com 26% das intenções de voto, seguido pelo atual prefeito do município, Bruno Covas (PSDB), com 21% das menções. Ambos estão tecnicamente empatados considerando a margem de erro da pesquisa que é de 3 pontos percentuais (p.p.). Já em outro patamar, Guilherme Boulos (PSOL) e Márcio França (PSB) têm 8% e 7%, respectivamente. A candidata Vera (PSTU) é mencionada por 2% dos entrevistados, enquanto Antônio Carlos (PCO), Arthur do Val (Patriota), Jilmar Tatto (PT), Joice Hasselmann (PSL), Levy Fidelix (PRTB), Marina Helou (REDE), Andrea Matarazzo (PSD) e Orlando Silva (PCdoB) recebem 1% das menções cada. O candidato Sabará (NOVO) foi citado, mas não atinge 1% das intenções de voto. Neste momento, os eleitores paulistanos que declaram a intenção de votar em branco ou anular o voto somam 20%, enquanto os que não sabem ou não opinam totalizam 8%. Nesta pergunta, um disco com o nome dos candidatos é apresentado ao entrevistado.

- Percebe-se uma intenção de voto mais acentuada para Celso Russomanno à medida que diminui a renda familiar dos entrevistados (o candidato alcança 35% entre os eleitores com renda familiar de até 1 salário mínimo, contra 12% entre aqueles com renda familiar de mais de 5 salários mínimos). O candidato também se destaca entre os evangélicos e entre os paulistanos com ensino médio, atingindo 34% em cada um destes segmentos.

- O atual prefeito Bruno Covas se destaca entre entrevistados mais velhos, com 55 anos ou mais (30%), enquanto sua menor proporção de citações, considerando todos os segmentos da pesquisa, está entre os que têm de 16 a 24 anos (12%).

- O candidato do PSOL, Guilherme Boulos, se sobressai entre os eleitores de outras religiões que não a católica e a evangélica, atingindo 16% das intenções de voto neste perfil.

- As intenções de voto dos demais candidatos se distribuem homogeneamente entre os segmentos analisados.
 

Abordagem: pesquisa presencial. A equipe de entrevistadores utiliza os equipamentos de proteção (EPIs) necessários para garantia da própria saúde e também a dos entrevistados.

* O objetivo de uma pesquisa eleitoral não é antecipar os resultados da eleição, mas sim o de mostrar o cenário no momento em que foi realizada. A pesquisa é uma fotografia do momento e não tem o poder e nem a intenção de prever o resultado de uma eleição. Por isso, seus resultados não podem ser usados para prever o resultado das urnas.

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

Pesquisa de intenção de voto em São paulo

Margem de erro

3 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral.

Tema

Administração pública

Eleições

Opinião pública

Contratante

pesquisa contratada por GLOBO COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S/A & S/A O ESTADO DE SÃO PAULO.

Período

30/09/2020 a 01/10/2020

Local

Brasil - São Paulo - SP

Amostra

foram entrevistados 805 votantes.

Registro TRE/TSE

registrada no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo sob o protocolo Nº SP-09520/2020.

ARQUIVO(S) PARA DOWNLOAD
Pesquisa completa