Notícias e Pesquisas

19 Set 2018

Flávio Dino amplia vantagem e se isola na liderança pelo governo do Maranhão

Governador

Senador

Presidente

Nova pesquisa eleitoral realizada pelo IBOPE Inteligência no Maranhão a pedido da TV Mirante, aponta crescimento de 6 pontos percentuais (p.p.) do Governador Flávio Dino (PCdoB), que agora lidera isoladamente a disputa com 49% das menções (na primeira pesquisa tinha 43%). A segunda colocada, Roseana Sarney (MDB), oscila de 34% para 32%. Os demais candidatos encontram-se em outro patamar, com no máximo 5% das intenções de voto e oscilações dentro da margem de erro da pesquisa que é de 3 p.p. Aqueles que têm intenção de votar em branco ou nulo vão de 8% para 7%, enquanto os que não sabem ou não respondem variam de 7% para 5%. Nesta pergunta, um disco com o nome dos candidatos é apresentado ao entrevistado.

- O governador Flávio Dino cresce em praticamente todos os segmentos avaliados, com destaque para o grupo de eleitores com renda familiar mensal entre 1 e 2 salários mínimos (cresce de 40% para 54%), eleitores autodeclarados brancos (indo de 39% para 51%) e também aqueles com idade de 35 a 44 anos (vai de 38% para 49%). O melhor desempenho de Dino continua sendo entre os eleitores mais escolarizados, com 63% das intenções de voto (eram 59% em agosto), proporção que vai decrescendo conforme diminui o grau de escolaridade do eleitor. Ele também continua se destacando entre os mais jovens com 55% das menções (eram 49% na pesquisa passada) e na rodada atual passa a ser mais mencionado também entre os evangélicos, segmento no qual cresce de 47% para 55%.

- Roseana Sarney, por sua vez, apresenta movimento negativo mais acentuado entre os evangélicos (cai de 29% para 20%), entre eleitores com renda familiar mensal de 1 a 2 SM (de 36% para 28%) e entre os com idade de 55 anos ou mais (cai de 40% para 34% e deixa de se destacar neste grupo). No entanto, ela continua sendo citada de forma mais expressiva entre eleitores que estudaram até a 4ª série do Fundamental com 41% das menções, ficando numericamente empatada com Dino neste segmento – ao contrário do que ocorre com o candidato do PCdoB, suas menções crescem inversamente ao grau de escolaridade do entrevistado. Na atual pesquisa, Roseana passa a se destacar entre eleitores de 45 a 54 anos, entre os quais cresce de 32% para 40% das intenções de voto.

- Os demais candidatos apresentam intenções de voto distribuídas de maneira homogênea nos segmentos analisados.

Simulação de segundo turno


Senado
Sobre as intenções de voto para os representantes do Maranhão no Senado Federal,  somando-se as duas menções, nota-se acirramento da disputa já que quatro candidatos encontram-se em patamar muito similar: Edison Lobão (MDB) que vem com 25% das menções (eram 27% em agosto); Eliziane Gama (PPS), que cresce de 17% para 23%; Sarney Filho (PV) que oscila de 26% para 23% e Weverton (PDT) que cresce de 11% para 20% das intenções de voto. Zé Reinaldo, do PSDB vai de 13% para 12% e os demais concorrentes registram até 4% das citações, oscilando até 2 p.p. desde a pesquisa anterior. Os eleitores indecisos passam de 37% para 38%, enquanto os que pretendem votar em branco ou anular o voto são 47%, dos quais 17% da primeira vaga e 30% da segunda (na última rodada somavam 51%).

Considerando que nesta eleição existem duas vagas para o senado, nesta pergunta a soma dos percentuais atinge 200%, uma vez que as pessoas entrevistadas têm a possibilidade de escolher dois nomes. Nesta pergunta, um disco com o nome dos candidatos é apresentado ao entrevistado


Presidente
Na pergunta sobre a eleição presidencial, Fernando Haddad (PT) obtém 36% das intenções de voto, crescimento de 32 p.p. em relação à pesquisa divulgada em agosto, quando tinha 4%. Em seguida aparecem Jair Bolsonaro (PSL), com 18% (tinha 14% na pesquisa passada) e Ciro Gomes (PDT) que oscila de 14% para 13% agora. Marina Silva (REDE), que registrava 17% das menções em agosto, agora tem 6%. Os demais candidatos registram no máximo 5% das intenções de voto, exceto Cabo Daciolo e Guilherme Boulos que não pontuam nesta pesquisa, mesmo tendo seus nomes apresentados aos entrevistados juntamente com todos os outros concorrentes.

Neste momento, 8% dos eleitores maranhenses declaram a intenção de votar em branco ou de anular o voto para presidente (eram 27% na pesquisa passada) e os indecisos totalizam os mesmos 10% aferidos anteriormente.


Outras informações das pesquisa

* O objetivo de uma pesquisa eleitoral não é antecipar os resultados da eleição, mas sim o de mostrar o cenário no momento em que foi realizada. A pesquisa é uma fotografia do momento e não tem o poder e nem a intenção de prever o resultado de uma eleição. Por isso, seus resultados não podem ser usados para prever o resultado das urnas

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

Intenção de voto no Maranhão

Margem de erro

a margem de erro estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Tema

Administração pública

Eleições

Opinião pública

Contratante

pesquisa contratada por TELEVISÃO MIRANTE LTDA.

Período

16/09/2018 a 18/09/2018

Local

Brasil - MA

Amostra

foram entrevistados 1.008 votantes. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral.

Registro TRE/TSE

registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão sob o protocolo Nº MA-06667/2018 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo Nº BR-07474/2018.

ARQUIVO(S) PARA DOWNLOAD
Pesquisa completa