Notícias e Pesquisas

13 Jun 2016

Cenário político continua preocupando líderes empresariais pernambucanos

Mauricio Garcia, diretor do IBOPE Inteligência no Nordeste, durante a apresentação da pesquisa

Os principais líderes empresariais de Pernambuco continuam preocupados com o cenário político do país. É o que revela o 8º Termômetro Empresarial IBOPE Inteligência /Lide Pernambuco, realizado com acionistas, presidentes e diretores de empresas do estado com faturamento igual ou superior a R$ 50 milhões por ano. Segundo a pesquisa, 86% consideram o cenário político o tema mais preocupante para a economia em 2016. Apesar de alto, o valor fica abaixo dos 98% medidos em março deste ano e no mesmo patamar do verificado em outubro de 2015 (87%).

O segundo tema que mais preocupa as lideranças pernambucanas  é a inflação, mas em patamar muito menor: 9% (eram 2% em março e 11% em outubro).

O cenário político do Brasil também é o que mais impede o crescimento das empresas segundo 61% dos executivos de Pernambuco, 4 pontos percentuais a menos do que o verificado em março. Outros motivos mencionados são: carga tributária (21%), diminuição da demanda e juros, ambos com 9%.

A previsão de receita para 2016, em relação ao ano passado, cresce significativamente na comparação com o que foi verificado em março. Naquele período, 22% dos entrevistados esperavam que a receita neste ano fosse melhor, enquanto agora, 39% pensam dessa maneira.

Emprego
Em junho, 68% dos líderes pernambucanos declaram que vão manter seu corpo de funcionários em suas empresas, ao passo que 18% devem contratar e 14% dizem que vão demitir. Na última pesquisa, em março, 35% diziam que iriam demitir e apenas 2% que iriam contratar, contra 62% que declaravam que iam manter os postos de trabalho. O percentual dos que apontavam demissões chegou a ser de 54% em outubro e setembro de 2015.

Melhoria –
A área que mais precisa melhorar em Pernambuco, de acordo com os entrevistados, é a infraestrutura, citada por 50%. Na sequência aparecem educação (24%) e saúde (12%). Já em relação ao país, a política, citada por 45%, é a área que mais precisa de melhorias, seguida da educação (32%) e da infraestrutura (14%).

Política
Para os entrevistados, as reformas prioritárias no país são: política (47%), tributária (30%), previdenciária (14%) e trabalhista (9%).

Governo Michel Temer
Nove em cada dez líderes empresariais do estado (92%) estão otimistas com o governo de Michel Temer. O mesmo percentual (92%) também está otimista em relação à economia conduzida pelo Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

Apesar do otimismo, até o momento, 54% avaliam o governo Temer como regular, 41% o consideram ótimo ou bom e 5% apontam como ruim.

Pernambuco
Os líderes pernambucanos também avaliaram as administrações estadual e municipal. A administração do governador Paulo Câmara apresenta melhora de avaliação. Os que a consideram ótima ou boa somam 38%, 18 pontos percentuais acima do registrado em março. Os que a consideram regular passam de 45% em março para 50% em junho. Já os que a avaliam de maneira negativa (ruim e péssimo) vão de 35% para 12% nesse período.

O prefeito de Recife, Geraldo Júlio, também vê aumento dos que o avaliam positivamente. A citação de ótimo e bom cresce de 31% em março para 41% neste mês. Sua avaliação regular aumenta dos 35% para 55% e a avaliação negativa (ruim e péssima) recua de 30% para 5%.

Atualmente, quatro pernambucanos ocupam cargos de ministros no país. De acordo com os entrevistados, Mendonça Filho, ministro da Educação, e Bruno Araújo, ministro das Cidades, são os que têm mais condições de sucesso, citados por 33% e 32%, respectivamente. Em outro patamar estão Fernando Filho, ministro de Minas e Energia (15%) e Raul Jungmann, que ocupa o ministério da Defesa (14%).

Lava Jato
A operação Lava Jato é bem avaliada pelos líderes pernambucanos. Em uma escala de zero a dez, a nota média dos entrevistados para a operação é 8,5, sendo que 44% dão nota 10, 14% dão nota 9 e 20% dão nota 8.

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

8º Termômetro Empresarial IBOPE Inteligência /Lide Pernambuco

Margem de erro

-

Tema

Administração pública

Bens duráveis

Contratante

Lide Pernambuco/IBOPE Inteligência

Período

06/06/2016 a 06/06/2016

Local

Brasil - PE

Amostra

Participantes do jantar debate promovido pelo Grupo de Líderes Empresariais de Pernambuco