Notícias e Pesquisas

02 Jun 2020

9 em 10 brasileiros querem legislação contra fake news

Uma pesquisa inédita do IBOPE Inteligência, realizada a pedido da Avaaz, mostra que 90% dos eleitores brasileiros querem uma lei que regulamente as plataformas de redes sociais e combata as fake news

Legislação sobre fake news

Mesmo setores conservadores parecem estar de acordo, com o apoio chegando a 92% entre os evangélicos. Os brasileiros, no entanto, têm uma opinião clara sobre o que deve estar incluso nessa legislação:

  • Correções obrigatórias de verificadores de fatos independentes (81%);
  • Rotulagem de “robôs” (76%);
  • Transparência em anúncios (71%);
  • Remoção de contas falsas, com exceção de pseudônimos por motivos de segurança ou contas humorísticas (71%).

Taxa de concordância

A tabela abaixo apresenta a taxa de concordância com os principais pontos do PL que foram pesquisados:

É importante notar que 76% dos eleitores brasileiros dizem que estão muito preocupados ou um pouco preocupados sobre as notícias falsas e desinformação na internet e redes sociais. Apenas 22% disseram que não estão preocupados.

Saiba mais sobre a pesquisa

A pesquisa foi realizada via telefone entre os dias 28 e 29 de maio de 2020, com cerca de mil pessoas acima de 16 anos, em todos os estados e no Distrito Federal. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%. A amostra é representativa dos eleitores do Brasil, residentes em domicílio com posse de telefone fixo ou celular.

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE FAKE NEWS

Margem de erro

A margem de erro máxima estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Tema

Internet

Opinião pública

Contratante

Avaaz

Período

28/05/2020 a 29/05/2020

Local

Brasil

Amostra

Foram realizadas 1000 entrevistas.

ARQUIVO(S) PARA DOWNLOAD
Pesquisa completa