Notícias e Pesquisas

06 Set 2016

Governadores perdem popularidade nas capitais em quatro anos

As eleições neste ano são para prefeito, mas são os governadores que estão mais mal avaliados. Um levantamento que reúne pesquisas do IBOPE Inteligência realizadas recentemente em todas as capitais aponta que em 16 dos 26 estados do país a avaliação dos governadores nas capitais de seus estados é negativa. Na média, os governadores têm 34% de ruim/péssimo e 24% de ótimo/bom, o que resulta em um saldo negativo de 10 pontos.

                   

Em 2012, o cenário era o oposto. No mesmo momento da campanha eleitoral, o saldo médio de popularidade dos governadores nas capitais era 20 pontos positivo: 41% de ótimo/bom contra 21% de ruim/péssimo. Naquela época, apenas seis governadores eram impopulares nas capitais, enquanto 18 tinham saldo positivo de 10 pontos ou mais.

Em relação aos prefeitos, o desgaste também aconteceu nesse mesmo período, mas em menor escala. Na média, os prefeitos das capitais têm cinco pontos a menos de ótimo/bom do que há quatro anos. De lá para cá, os 34% de avaliações positivas viraram 29%. Os 32% de ruim/péssimo viraram 31%. O saldo, portanto, oscilou apenas três pontos, enquanto o dos governadores variou 30, diferença dez vezes maior.