Notícias e Pesquisas

26 Set 2016

Crivella mantém-se na liderança da disputa pela prefeitura do Rio de Janeiro e segundo lugar permanece indefinido

A terceira pesquisa IBOPE Inteligência/TV Globo sobre a eleição municipal, realizada entre 23 e 25 de setembro, aponta que Crivella (PRB) segue à frente na disputa, com 35% das intenções de voto – 4 pontos percentuais (p.p.) a mais do que o aferido na pesquisa anterior. Em outro patamar, estão tecnicamente empatados, considerando a margem de erro da pesquisa (que é de 3 p.p.): Pedro Paulo (PMDB) com 11% das menções, Marcelo Freixo (PSOL) com 9% e Indio da Costa (PSD) com 8% (no estudo anterior tinham 9%, 9% e 7%, respectivamente). Porém, esses candidatos são seguidos de perto por Jandira Feghali (PCdoB) e Flávio Bolsonaro (PSC), ambos citados por 6% dos eleitores e também por Osorio (PSDB), que tem 4% das citações (antes Feghali e Bolsonaro tinham 8% das menções cada um, e Osorio 3%). Alessandro Molon (REDE) mantém-se com 1% das citações, Carmem Migueles (NOVO) volta a ser mencionada por 1% dos eleitores, enquanto Cyro Garcia (PSTU) e Thelma Bastos (PCO) não atingem 1% das intenções de voto nessa rodada. Aqueles que declaram intenção de votar em branco ou anular o voto somam 16% (eram 19%); já 3% preferem não opinar a respeito (somavam 4% no levantamento anterior).

Neste momento, não seria possível afirmar qual candidato disputaria o segundo turno com Crivella.

Destaques por segmentos
- As intenções de voto em Crivella seguem mais expressivas quanto menor é a escolaridade e a renda familiar do eleitor: atingem 52% entre os que possuem até a 4ª série do Ensino Fundamental e 47% entre aqueles com até 1 salário mínimo mensal. Em comparação com o segundo levantamento, as menções ao candidato crescem mais significativamente entre os homens (10 p.p.) e entre os mais jovens (12 p.p.);

- As menções ao peemedebista voltam a crescer entre os que possuem renda familiar mensal de até 1 salário mínimo (7.p.p). Pedro Paulo se destaca entre eleitores com mais de 55 anos, segmento onde atinge 15% das citações;

- As intenções de voto em Marcelo Freixo, no geral, oscilam dentro da margem de erro da pesquisa. O candidato pelo PSOL continua mais citado pelos eleitores que possuem Ensino Superior (18%) e aqueles com renda familiar mais alta (16%);

- Índio da Costa mantém-se mais citado entre os mais jovens (11%). Além disso, nesse levantamento as menções ao candidato crescem 4 p.p. entre os eleitores com idade entre 25 e 34, entre os de 35 a 44 anos e entre os que possuem Ensino Médio;

- Já as menções a Flávio Bolsonaro caem mais expressivamente entre aqueles que possuem renda familiar superior a 5 salários mínimos (5 p.p.), entre eleitores de 35 a 44 anos (4 p.p.) e entre os mais escolarizados (4 p.p.);

- Nessa rodada, as menções à candidata pelo PCdoB caem 6 p.p. entre os eleitores que possuem Ensino Médio e também entre os que possuem renda familiar de até 1 salário mínimo;

- Os demais candidatos não apresentam variações significativas entre as rodadas da pesquisa, levando em consideração os segmentos analisados.

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

Pesquisa eleitoral no Rio de Janeiro (JOB Nº 0574-3 | 2016)

Margem de erro

a margem de erro máxima estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Tema

Administração pública

Eleições

Opinião pública

Contratante

pesquisa contratada por GLOBO COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S/A

Período

23/09/2016 a 25/09/2016

Local

Brasil - Rio de Janeiro - RJ

Amostra

foram entrevistados 1.204 eleitores. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral.

Registro TRE/TSE

registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro sob o protocolo Nº RJ-06444/2016.

ARQUIVO(S) PARA DOWNLOAD
Pesquisa completa