Notícias e Pesquisas

28 Out 2016

Confiança do consumidor cresce pelo quarto mês consecutivo


A confiança do consumidor continua em trajetória de recomposição. O INEC registra 104,4 pontos em outubro, um crescimento de 1,3% na comparação com setembro. Esse é o quarto aumento consecutivo do indicador, que acumula alta de 3,4% no período. A última vez que o índice registrou crescimento por quatro meses consecutivos foi entre maio e agosto de 2010.

Na comparação com outubro de 2015, o crescimento alcança 7,3%. Apesar da melhora, a confiança ainda permanece 4,1% abaixo de sua média histórica.

Dos índices que compõem o INEC, destaca-se a melhora das expectativas com relação a própria renda, com crescimento de 5,2% na comparação mensal, refletindo aumento do otimismo com relação à renda futura. Também se destacam os índices de situação financeira e endividamento, que indicam a continuidade de um ajuste das condições financeiras das famílias.

Na comparação com o mesmo mês de 2015, os índices mostram crescimentos expressivos. A exceção é o índice de expectativa de compras de bens de maior valor, com queda de 4,8%. Isso revela que, apesar da melhora do INEC, os consumidores ainda não se sentem seguros o suficiente para aumentar o consumo dessa categoria de bens, que envolve comprometimento de maior parte da renda e por mais tempo.

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC) - Outubro/2016

Margem de erro

2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Tema

Administração pública

CNI

INEC (Índice Nacional de Expectativa do Consumidor)

Opinião pública

Contratante

Confederação Nacional da Indústria - CNI

Período

13/10/2016 a 17/10/2016

Local

Brasil

Amostra

2002 entrevistas em 143 municípios.

ARQUIVO(S) PARA DOWNLOAD
INEC outubro
Relatório da pesquisa